Prefácio do livro «A Vida para a Glória do Pai»

00119Com esta breve brochura apresentamo-vos o móbil que anima a vida da Madre Eugênia Elisabetta Ravasio: a unidade dos filhos de Deus em Cristo, para Glória do Pai.

A nossa intenção é suscitar o desejo de permanecer na Verdade, a única que nos tornará livres (Jo, 8. 32), felizes e filhos de Deus, e tomar consciência de que Deus é nosso PAI, bom e previdente, que se delicia em estar com os Seus filhos.

E sermos estimulados pelo exemplo daqueles que vivem já esta experiência maravilhosa, que só se torna possível se vivermos o Evangelho com amor e humildade, que nos faz ir beber à Fonte de água Viva, Eterna, que se chama Pai.

D. Joppolo

Pai Divino, sede conhecido, honrado e amado pelos homens!

Pai2-241x300Em 1932 a Madre Eugênia Elisabetta Ravasio tem a visão de Deus Pai e recebe d’Ele mensagens que devem ser transmitidas à humanidade.

Diz-lhe que mais tarde lhe dará a conhecer a sua IMAGEM, que deseja ver nos lares, hospitais, oficinas, gabinetes de ministros, etc (este fato somente veio a ocorrer 55 anos depois, em 1987, quando fez a pintura — a Madre faleceu em agosto de 1990). O PAI afirma várias vezes que é um PAI TERNO E AMOROSO e não aquele Deus terrível como tem sido apresentado por um temor excessivo dos homens!

Pede Ele que a Igreja Lhe dedique uma festa no dia 7 ou no primeiro domingo de agosto.

Segue aqui reproduzida uma pequena brochura sobre Madre Eugênia e os dois cadernos de mensagens de Deus Pai, juntamente com orações.