Não peço nada de extraordinário

A-Cruz-da-Jornada-300x210Quero proteger a juventude como um terno Pai. Há tanto mal no mundo! Estas pobres almas sem experiência deixam-se seduzir pelos atrativos do vício que, a pouco e pouco, as conduzem à ruína total.

Ó vós que tendes especial necessidade de alguém que vos guarde na vida para poderdes evitar o mal, vinde a Mim! Eu sou o vosso Pai que vos ama mais que qualquer criatura vos amará alguma vez! Refugiai-vos junto de Mim, confiai-Me os vossos pensamentos e os vossos desejos. Eu vos amarei ternamente. Dar-vos-ei as graças para o presente e abençoarei o vosso futuro. Podeis ter a certeza de que Eu não vos esqueço, desde os 15, 20 ou 30 anos que vos criei. Vinde! Vejo que tendes uma grande necessidade de um Pai doce e infinitamente Bom como Eu.

Sem Me deter em tantas outras coisas que seria muito a propósito dizer aqui, mas que poderei dizer mais tarde, quero agora falar especialmente às almas que Eu escolhi para Mim, Sacerdotes e Religiosos: a vós, os filhos queridos do meu Amor. Tenho grandes desígnios sobre vós!

Ao Papa

Antes de todos os outros, dirijo- Me a ti, meu filho, meu Vigário, para colocar nas tuas mãos esta Obra, que deveria ser a primeira de todas e que, pelo receio que o demônio inspirou ao homem, só com o tempo verá a sua concretização.

Ah, Eu desejaria que tu compreendesses a extensão desta Obra , a sua grandeza, a sua amplitude, a sua profundidade, a sua altura! Desejaria que compreendesses os desejos imensos que tenho sobre a humanidade presente e futura!

Se soubesses como desejo ser conhecido, amado e honrado pelos homens, com um Culto Especial! Este desejo, tenho-o em Mim desde toda a Eternidade e desde a criação do primeiro homem. Este desejo exprimi-o várias vezes aos homens, sobretudo no Antigo Testamento. Mas o homem nunca o compreendeu. Hoje, este desejo faz-Me esquecer todo o passado, desde que se cumpra agora nas minhas criaturas do mundo inteiro.

Desço até à mais pobre das minhas criaturas para poder, na sua ignorância, falar-lhe e, através dela, aos homens, sem que ela se aperceba da grandeza da Obra que Eu desejaria estabelecer no meio deles!

Não posso falar de Teologia com ela, teria a certeza de fracassar, ela não compreenderia. Permito que ela seja assim para que Eu possa realizar a minha Obra com a simplicidade e a inocência. Mas a ti compete pôr esta Obra em estudo e de a levar a cabo o mais depressa possível.

Para ser conhecido, amado e honrado com um culto especial, não peço nada de extraordinário. Eis somente o que desejo:

1. Que um dia, ou pelo menos um Domingo, seja consagrado a honrar-Me especialmente com o Nome de Pai de toda a humanidade.

Desejaria, para esta Festa, uma Missa e um Oficio próprios. Não é difícil encontrar textos na Sagrada Escritura.

Se preferis prestar-Me este Culto Especial num Domingo, Eu escolho o primeiro Domingo de Agosto; se quereis num dia de semana, prefiro que seja sempre no dia 7 de Agosto.

2. Que todo o Clero se dedique a desenvolver este Culto e, sobretudo, que Me dê a conhecer aos homens tal como sou e tal como serei sempre para eles, quer dizer, o Pai mais terno e amante de todos os pais.

3. Desejo que Me façam entrar nos hospitais, até mesmo nas oficinas e nas fábricas, nas casernas, nas salas de deliberação dos ministros das Nações, enfim, em toda a parte onde se encontram as minhas criaturas, nem que seja uma só!

Que o sinal sensível da minha invisível Presença seja uma Imagem, que demonstra que Eu estou realmente presente. Assim todos os homens farão todas as suas ações sob o olhar do seu Pai e Eu próprio terei assim, diante dos Meus olhos, a criatura que Eu adotei depois de a ter criado; assim todos os meus filhos estarão como que sob o olhar do seu terno Pai.

Sem dúvida, Eu estou em toda a parte mesmo agora, mas queria ser representado de uma maneira sensível.

4. Que durante o ano o Clero e os fiéis adotem alguns exercícios de piedade em Minha Honra, sem prejuízo das ocupações habituais.

Que, sem temor, os meus sacerdotes vão por todo o lado, a todas as nações, levar aos homens o facho do Meu Amor Paternal. Então as almas serão iluminadas, ganhas — não só entre os infiéis — mas em todas as seitas, que não estão na verdadeira Igreja.

Sim, que também estes homens que são meus Filhos, vejam brilhar este facho diante deles. Que eles conheçam a Verdade, que abracem e pratiquem sempre as virtudes cristãs.

5. Queria ser honrado especialmente nos Seminários, nos Noviciados, nas escolas, nos colégios. Que todos, do maior ao mais pequenino, possam conhecer- Me e amar como seu Pai, seu Criador e seu Salvador.

6. Que os sacerdotes se apliquem a procurar na Sagrada Escritura o que Eu disse outrora e que permaneceu ignorado até a atualidade, relativamente ao culto que desejo receber dos homens. Que trabalhem para fazer chegar os Meus desejos e a minha Vontade a todos os fiéis e a todos os homens, especificando o que Eu direi para todos os homens conjuntamente e para os sacerdotes, religiosos e religiosas em particular. Estas são as almas que Eu escolho para Me prestarem grandes homenagens, mais do que os homens do mundo.

Sim, será preciso tempo para se chegar a uma completa realização destes desejos que concebi sobre a humanidade e que te dei a conhecer! Mas um dia, com as orações e sacrifícios das almas generosas que se imolarão por esta Obra do Meu Amor, sim, um dia, EU serei satisfeito. Eu te abençoarei, Meu Filho Bem Amado, e te darei o cêntuplo de tudo o que fizeres pela Minha Glória.